Socorro, o inverno chegou! Doenças típicas que tiram o sono dos pais e filhos

30/08/2017 17:26

As crianças possuem um sistema imunológico ainda imaturo, portanto são mais propícias a sofrerem com as principais doenças do clima frio, como resfriado, gripe, sinusite, crise asmática, bronquiolite e pneumonia. Devido aos vírus possuírem alto potencial de contágio, eles se transmitem facilmente, principalmente entre as crianças que frequentam creches, berçários e escolas, que mantém longo contato entre si.

Por isso, o Dr. Claudio A Len, médico pediatra na Clínica Len de Pediatria, esclarece as dúvidas mais comuns de mamães e papais quando o assunto são as temíveis doenças comumente occoridas nas estações mais frias do ano.

Por que as doenças respiratórias pioram nas estações mais frias do ano?
As doenças respiratórias são comuns nas estações mais frias por dois motivos: 1° ar mais seco, mudanças mais frequentes de temperatura, e 2° maior aglomeração das pessoas, o que facilita a transmissão de vírus e bactérias. No entanto, esta regra não é exata, pois em metrópoles como São Paulo estas doenças são comuns o ano inteiro, só diminuindo a frequência nas épocas de férias escolares.

Quais são as doenças mais comuns em crianças e como evitá-las?
As doenças mais comuns são aquelas causadas por vírus, como resfriados, gripes, conjuntivites, bronquiolites e faringites. As infecções causadas por bactérias, como sinusites, amigdalites e otites, também são frequentes nas crianças. A proteção contra estas doenças é parcial e pode ser feita através de vacinas e de cuidados com contatos com indivíduos doentes. O problema é que na maioria das vezes a transmissão já ocorre antes dos primeiros sintomas, o que dificulta um isolamento mais eficaz.

Sempre ouvimos dizer que não podemos andar descalço ou consumir alimentos gelados nessas épocas para não ficarmos doente. Verdade ou mito?
Mito. As doenças infecciosas são causadas por vírus e bactérias, e não pelo frio.

Qual a idade mínima para a vacinação? Devo vacinar o meu filho?
A vacina da gripe deve ser administrada em todas as crianças a partir dos 6 meses de idade. As crianças pequenas são as mais suscetíveis, portanto devem ser vacinadas. A vacina é segura e os efeitos adversos são raros. Como o vírus é mutante, a vacina sofre mudanças e deve ser administrada anualmente.

Algumas dessas doenças podem acarretar em problemas de saúde mais graves?
Infelizmente alguns vírus e bactérias respiratórias podem ter um comportamento mais invasivo e causar doenças como pneumonias e septicemias. Não é possível prever quem será acometido por estas infecções, com exceção dos imunossuprimidos. No entanto, as crianças com menos de 12 meses e os idosos são mais suscetíveis. Um exemplo bem conhecido é o vírus sincicial respiratório, que provoca resfriado em crianças maiores e adultos, mas pode causar bronquiolite em crianças pequenas, geralmente com menos de um ano de idade. Recomendo que os pais fiquem atentos a sinais de doença mais grave, como falta de ar, respiração ofegante, gemência, febre alta e queda do estado geral.

Dr. Claudio A. Len (CRM-SP: 59.931)
Pediatra da Clínica Len de Pediatria.
Pediatra formado em 1987 pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo. Fez Residência Médica em Pediatria na Escola Paulista de Medicina. Nesta mesma instituição fez Mestrado e Doutorado em Reumatologia Pediátrica e atualmente é Professor da Disciplina de Alergia, Imunologia Clínica e Reumatologia do Departamento de Pediatria. Título de Especialista em Pediatria desde 1990. Médico do Departamento Materno-Infantil do Hospital Israelita Albert Einstein. 

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: