Lá vem o calor!

29/08/2017 17:50

A primavera está chegando e o clima começa a esquentar. O clima quente é ótimo para os bebês, que podem passear e tomar um pouco de sol. Com isto, fica garantida a formação da vitamina D que atua na formação de ossos fortes e resistentes. No entanto, as altas temperaturas e a exposição direta ao sol podem ter consequências negativas, como a irritação e queimadura da pele, desidratação e casos de vômitos e diarreia que podem ser causados por vírus nesta época do ano. A necessidade de exposição direta à luz solar é de 10 a 15 minutos por semana. Exposições mais prolongadas não são necessárias. E os melhores horários são entre 8:00 e 10:00 horas e depois das 16:00 horas.

O que devo fazer para manter meu bebê confortável no calor?
Recomendamos que você evite exposição direta ao sol por mais de 5 minutos, mesmo nos horários adequados. Use roupas bem leves e mantenha ele hidratado. Tanto o leite materno quanto as fórmulas lácteas já tem a quantidade de água necessárias, mas às vezes os bebês querem mamar com maior frequência. Quando você estiver na praia tenha em mente que os raios solares refletem na areia e aumentam a exposição.

Procure locais com sombra que devem ser bem ventilados. O banho diário deve ser com água morna, para que refresque os bebês.

Quais os maiores riscos para a pele do bebê durante o verão? E como protegê-la? À partir de que idade posso usar filtro solar?
Os maiores riscos são as queimaduras pelos raios solares. Evite o sol direto por longos períodos, use filtros solares e roupas com proteção UV quando não der para fugir do sol. Os filtros específicos para bebês podem ser usados a partir dos 4 a 5 meses. Caso a pele fique vermelha com o contato, retire imediatamente e lave a pele com água. Mas as reações são incomuns. Os chapéus e bonés também ajudam bastante.

Como prevenir a desidratação?
Ofereça líquidos com frequência. No caso de vômitos ou diarreia fale com o seu pediatra.

A partir de que idade os bebês podem acompanhar a família no banho de piscina, praia e cachoeira?
Recomendamos banhos de piscina e mar com temperatura agradável a partir dos 4 a 5 meses de idade. No entanto, a temperatura da água de cachoeiras costuma ser mais baixa, portanto pode incomodar crianças pequenas.

Dr. Claudio A. Len (CRM-SP: 59.931)
Pediatra da Clínica Len de Pediatria.
Pediatra formado em 1987 pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo. Fez Residência Médica em Pediatria na Escola Paulista de Medicina. Nesta mesma instituição fez Mestrado e Doutorado em Reumatologia Pediátrica e atualmente é Professor da Disciplina de Alergia, Imunologia Clínica e Reumatologia do Departamento de Pediatria. Título de Especialista em Pediatria desde 1990. Médico do Departamento Materno-Infantil do Hospital Israelita Albert Einstein.

Dra. Kristine Fahl Cahali (CRM-SP: 90.817)
Médica do Departamento Materno-Infantil do Hospital Israelita Albert Einstein.
Médica Pediatra formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Fez Residência Médica em Pediatria e em Alergia e Imunologia no Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Nesta mesma instituição fez Mestrado em Imunodeficiências Primárias. Título de Especialista em Pediatria. Título de Especialista em Alergia e Imunologia. É médica do Departamento Materno-Infantil do Hospital Israelita Albert Einstein.

 

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: